Programador tem que ser preguiçoso?


preguica-escritorio

Vejo essa sentença bastante disseminada por ai. Mas ela está correta? O que digo é que sim e que não, depende de como você a interpretou.

O que ela não quer dizer?

Ela não quer dizer que você deva postergar seus estudos, seus trabalhos e projetos, sua evolução.

O que ela quer dizer?

Que você deve, como programador, automatizar tudo e o máximo que puder. Seja na solução que você está programando, para não ter que repetir um longo processo para chegar a um resultado e para facilitar a sua vida e a de outros que usarem a solução desenvolvida, seja para ter um workflow fluido e eficiente no seu ambiente de desenvolvimento.

Há como automatizar os processos repetidos no terminal? Há ferramentas que possam agilizar o seu trabalho? Você sabe como criar features que otimizarão seus processos e de outros programadores? Que resolverão mais facilmente, e em menor tempo, um problema? É sobre isso que a frase diz. Sobre inteligência!

Então se você assimilou a sentença à preguiça de estudar, de desenvolver, e de tudo mais que irá fazer você evoluir, sinto em lhe falar que ela não é subterfúgio para isso.

Seja inteligente e faça com que o seu caminho para a resolução de um problema seja o menor possível. Que aquilo que você está desenvolvendo otimize e facilite a sua vida e a das pessoas. Não fique estagnado com a falsa proteção de uma sentença que interpretou mal – caso tenha – e se sente acolhido.

 

2 comentários sobre “Programador tem que ser preguiçoso?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s